Edição Histórica:Paulista de Jundiai- Gazeta Esportiva Ilustrada 1956

Retrato de Glórias: Paulista de Jundiaí no Olhar da História

Ago 10, 2023 - 14:41
Ago 10, 2023 - 14:42
 11
Edição Histórica:Paulista de Jundiai-  Gazeta Esportiva Ilustrada  1956
Edição Histórica:Paulista de Jundiai- Gazeta Esportiva Ilustrada 1956

Nos confins da segunda quinzena de dezembro de 1956, a icônica revista A Gazeta Esportiva Ilustrada capturou um momento que ecoaria na eternidade do futebol brasileiro: a consagrada equipe do Paulista de Jundiaí, guiada pelo destemido treinador Arthurzinho, figura de destaque do passado palmeirense. Naquele pedaço de papel, um legado de talento e paixão tomou forma.

 A cena da capa exibia a formação singular: Afonsinho, Barizon, Pando (que futuramente trilharia o caminho no Juventus), Nicanor (goleiro também conhecido pelas cores do Guarani), Negro e Piter. Dorival (ex-Guarani, Botafogo de Ribeirão Preto, Bangu), Oswaldinho, Lauri, Benê e Paulistinha. Uma constelação de astros que brilhavam sob o céu do futebol.

No epicentro da trama, o meio-campista talentoso e irreverente, Benê, cujas raízes se entrelaçaram com o Corinthians e cujo esplendor floresceu no Paulista. Seu futebol exuberante chamou a atenção do Guarani e, posteriormente, do São Paulo, que enxergaram nele a essência do oportunismo, da técnica refinada e dos dribles velozes, um criador de momentos mágicos.

 Benedito Leopoldo da Silva, carinhosamente apelidado de Benê, escreveu seu nome em letras douradas no São Paulo Futebol Clube, onde vestiu a camisa tricolor por uma década, moldando a história com sua presença marcante. Em um curto empréstimo ao XV de Novembro de Piracicaba, deixou sua marca em mais um capítulo do futebol nacional.

 Entretanto, um capítulo sombrio se interpôs em sua trajetória: sua quase certa participação na Copa do Mundo de 1962 no Chile. O corte abrupto, alegadamente devido a um problema cardíaco, deixou uma interrogação que ecoaria para sempre. Curiosamente, tal diagnóstico nunca foi substancialmente comprovado, tornando-se uma das grandes incógnitas do futebol brasileiro.

 A revista A Gazeta Esportiva Ilustrada número 78 imortalizou um capítulo envolvente da história futebolística, onde paixão, talento e mistério se entrelaçaram, moldando o tecido da memória. Uma visão cativante das figuras que ajudaram a construir a rica tapeçaria do esporte que amamos.

Jonas Henrique Nasceu em São Paulo (SP) e cursou jornalismo na Faculdade Cásper Líbero.